QUANDO DEUS NOS SURPREENDE

“Estavam todos reunidos no mesmo lugar;
DE REPENTE, veio do céu um som, como de um vento impetuoso,
e encheu toda a casa onde estavam assentados”.
At. 2:1

Passamos por momentos em nossas vidas nos quais temos a impressão de que nada de novo nos acontece. A impressão de uma mesmice em nosso dia a dia nos faz sentir robotizados. Nossa agenda diária é uma mera repetição do dia anterior, da semana que passou, do mês que terminou, do ano que findou. Aliás, às vezes temos a impressão de que há anos que paramos no tempo.

“Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem o forte, na sua força, nem o rico, nas suas riquezas; mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu Sou o Senhor”.

“Assim diz o Senhor:
Não se glorie o sábio na sua sabedoria,
nem o forte, na sua força, nem o rico, nas suas riquezas;
mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer
e saber que eu Sou o Senhor”.
Jr. 9:2

O texto bíblico de nossa meditação de hoje apresenta três elementos que se tornaram a razão de viver de uma sociedade alienada dos valores éticos, morais e espirituais, a saber: a sabedoria, a força e a riqueza. Sem sombra de dúvidas tais elementos representam para o homem moderno: